Nossa história

COLÉGIO SANTA ISABEL E SUA HISTÓRIA


Colégio Vicentino Santa Isabel – Fundado em 1864

Em 2021, o Colégio Vicentino Santa Isabel completa 157 anos de história na cidade de Petrópolis. As Irmãs aqui chegaram em 1864 a fim de descansarem dos labores da missão e recuperarem saúde. Contudo, como boas servas do Senhor, não foram indiferentes às necessidades da pobre gente. Começaram, pois, a acolher crianças carentes com a intenção de instruí-las na doutrina cristã.

Coube ao Padre Nicolau Germaine a iniciativa do Asilo Santa Isabel, confiando às filhas da Caridade a educação da infância desprotegida e o ensino do Catecismo. Com o passar do tempo, o chalé em que estavam hospedadas já não comportava mais o público atendido, pois tamanha a quantidade que procuravam as caridosas irmãs.

Foi então que elas pediram à Condessa do Rio Novo que lhes cedesse a casa situada à Rua do Imperador, n° 58, hoje 689. A mudança para o novo prédio aconteceu no ano de 1870, após terem acertado o empréstimo do prédio por cinco anos. Ao final desse prazo, o estabelecimento dispunha poucos recursos, e a Condessa propôs a venda do imóvel por um preço inferior ao valor real.

Para manter a obra, as Irmãs passaram a acolher meninas que pudessem contribuir financeiramente com a instituição, de modo que o lucro desta atividade fosse aplicado na manutenção do asilo das meninas pobres.

Muitas foram as dificuldades enfrentadas por Irmã Maret e suas companheiras.

Entretanto, impelidas pela caridade de Jesus Crucificado, foram vencendo os desafios, contando com a ajuda da Divina Providência, que inspirou os bons corações de pessoas que ajudaram as primeiras Irmãs na consolidação deste patrimônio, que hoje atende pelo nome de COLÉGIO VICENTINO SANTA ISABEL.

Assim, etapa por etapa, o Colégio passou de um simples chalé alugado ao grande estabelecimento que é atualmente. Com o passar do tempo, seu prédio e sua metodologia foram evoluindo constante e progressivamente. Desde que aqui chegaram, as Filhas da caridade souberam transmitir aos seus alunos muito mais do que o conhecimento das grandes ciências, mas os valores cristãos que são a base de sua filosofia e missão como Educadoras Vicentinas, formando cidadãos solidários e comprometidos com a vida em toda a sua plenitude, a exemplo de seus fundadores, São Vicente de Paulo e Santa Luisa de Marillac.